Utilizamos cookies próprios e de terceiros para disponibilizar os nossos serviços e recolher informação estatística. Se continuar a navegar no Site, aceita a sua instalação e a sua utilização. Pode alterar a configuração ou obter mais informação sobre a nossa política de cookies.

Áreas
Menu
pt

Leishmaniose canina: a doença

A leishmaniose canina é uma doença vetorial causada por protozoários do género Leishmania que afeta os cães em todos os continentes exceto na Oceânia. O agente etiológico da leishmaniose visceral e cutânea em cães e em humanos em países do sul da Europa é a Leishmania infantum (sinónimo Leishmania chagasi).

A leishmaniose canina está presente em aproximadamente cinquenta países do mundo, com uma prevalência especialmente elevada na região mediterrânica e em regiões da América do Sul. É relevante o facto de a epidemia estar em expansão para o norte da Europa e também para a América, onde se estendeu do Brasil à Argentina e a diversos estados do centro e do nordeste dos Estados Unidos (Solano-Gallego et al., 2009; Petersen, 2009; Maroli et al., 2008).